• Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
Acompanhe nosso dia-a-dia em nosso Instagram - @propositoarquitetura

Atendimento:
Segunda à Sexta das 10h às 16h

Mande um whatsapp para nós:
11 94175 2501

Você conhece o método KonMari? Ele propõe uma organização que leva alegria para seu lar.

 

 

Como arquiteta, eu sempre me interessei por deixar espaços organizados. Não me importava se esse espaço tratava-se de uma residência de 300m² ou de uma gaveta de 15 centímetros por 30 centímetros. Quando conheci o Método #KonMari desenvolvido pela japonesa Marie Kondo, eu confesso que senti uma afinidade muito grande com ele. A autora dos best-sellers “A mágica da arrumação” (2015) e de “Isso me traz alegria” (2016), explica de forma simples e divertido como um olhar com afeto para nossos pertences podem colaborar com um estilo de vida mais feliz e minimalista. E isso, ah, isso tem TUDO a ver com nosso propósito!

 

Na próxima vez que estiver passando por uma livraria e encontrar com essas belezinhas, dê uma chance à elas: folheie e veja o que acha! 

 

Assim, decidi compartilhar com vocês, caros leitores, alguns trechos dessa leitura que eu super recomendo. Quem sabe você não fica com gostinho de quero mais e não resolve adotar o Método #KonMari em seu lar! Se você fizer isso, você promete voltar aqui para me contar?  ;)

 

Veja só como a reflexão proposta é interessante:

 

 

Isso vale para as pessoas que você deseja manter na sua vida também, viu?

 

E sua saúde também. Para esses e outros casos, contrate uma arquiteta hihihi

 

 

E as pessoas que fazem parte da sua vida! sz

 

 

 SEMPRE!!!

 

 

 E por fim:

 

E, aí, o que achou? Curtiu?
Espero que tenha gostado siiiim! o/

 

Beijo grande, com MUITA gratidão.
Até a próxima.

Por Audrey Migliani.

 

Bibliografia utilizada
KONDO, Marie. A mágica da arrumação. A arte japonesa de colocar ordem na sua casa e na sua vida. Rio de Janeiro: Sextante, 2016.
KONDO, Marie. Isso me traz alegria. Um guia ilustrado da mágica da arrumação. Rio de Janeiro: Sextante, 2016.

 

 


 

 

Please reload